A comunidade de comunicação ético-discursiva na era da conectividade

Crisnanda Pane Siscar

Resumo


Pretende-se demonstrar que a chamada "era da comunicação" favorece o contato interpessoal e o debate de ideias entre pessoas das mais variadas origens socioculturais. Porém, tanto social, quanto filosófica ou juridicamente, a conectividade proporcionada pela universalidade do acesso aos meios de comunicação de massa, em especial por meio das redes sociais via Internet, representa, muitas vezes, uma expansão do ego de subjetividades não dispostas a interagir e/ou a participar efetivamente de discursos materialmente representativos e a estabelecer interlocuções que pressuponham o ouvir, compreender, discordar ou concordar argumentativamente de opiniões com o fito de construir conceitos intersubjetivos de fato e não um exercício kantiano de belas, solitárias e vaidosas reflexões.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Jurídica
ISSN: 2236-2266
Faculdade Batista de Minas Gerais
Rua Varginha, 630. Bairro Floresta, Belo Horizonte-MG
www.faculdadebatista.com.br